Vôo direto entre Porto Alegre e Miami

Vôo direto entre Porto Alegre e Miami

 

Na semana passada embarquei para Miami com a minha mãe para uns dias de passeios e compras. Aproveitamos para conhecer o novo vôo direto entre Porto Alegre e Miami da American Airlines e agora vou contar para vcs a minha opinião já que bastante gente ficou curiosa e perguntou o que eu achei.
O vôo começou com 3 horas de atraso, mas fomos avisadas do atraso e do novo horário de embarque por telefone, antes de sairmos de casa de forma que não ficamos todos esse tempo extra no aero, sem nada para fazer.
Achei o pessoal do atendimento super educado e de boa vontade, o que está cada vez mais raro nas cias aéreas, no entanto alguns bem despreparados.
Desde que peguei o meu primeiro voo diurno, há uns 3 ou 4 anos, nunca mais quis outra vida. Acho ótimo chegar no destino no final da tarde ou à noite, com o quarto do hotel já liberado, e poder dormir e só ‘começar a viagem’ no dia seguinte, descansada. (OBS: um dos vôos da TAM, que sai de SP por volta das 10h, chega em Miami as 16h, ou seja, dá tempo de ir até o hotel largas malas, tomar um banho e ainda sair para jantar!) Geralmente assisto a um ou dois filmes durante o voo, leio um pouco e dou umas curtas cochiladas.
Só que quando embarquei nesse vôo, achando que seria ótimo, tive uma surpresa não muito agrdável: o avião era velho e não tinha tv individual. Para quem costuma dormir durante toda a viagem isso pode não fazer diferença mas para mim que durmo muito pouco, faz toda a diferença. Ok, alguns devem estar se perguntando porque eu não baixei filmes no Ipad como muita gente faz. Na verdade, fui pega totalmente de surpresa. Não costumo ter filmes na memória do meu ipad porque trabalho com fotos e programas pesados, então quanto menos coisas tiver melhor. Mas aprendia a lição: nunca mais viajo sem muitos filmes, jogos e conteúdo para ler no meu ipad!
Moral da história: foram 9 longas horas de ida quase sem nada para fazer e sem dormir em um avião velho e desconfortável (com assentos duros, que fazem doer o bumbum, sabe?)!
O retorno foi na mesma aeronave. Dormi um pouco porque estava exausta, mas na primeira hora de vôo já sentia o desconforto dos assentos.
Na volta todos os passageiros precisam descer da aeronave em Curitiba, mesmo os que têm Porto Alegre como destino final, de forma que o vôo  não tem nada de direto.  Mas a conexão é rápida, acho que levou uns 40 min.
Chegando em Porto Alegre, foi hora de enfrentar a tão temida Receita Federal que estava anunciando uma operação super rigorosa e abertura de 100% das malas. Nós não tivemos nenhum problema, nem pelo raio X passamos mas acho que isso é uma questão de sorte e de não exagerar, claro. Cada uma de nós voltou com uma mala grande e uma média, o que acho que é bem razoável, e não compramos nenhum eletrônico. Claro que quem desembarca com 4 ou 5 malas imensas chama mais atenção e acaba sendo questionado pelos agentes da alfândega e corre o risco de ter a bagagem fiscalizada.
Sobre o valor da passagem, eu paguei um preço ótimo por ela! acho que foram R$ 1.200,00 ida e volta. Não sei se era um valor promocional
Minha conclusão sobre o vôo: eu prefiro fazer a viagem em duas partes, fazendo conexão em SP, RJ ou outro país, mas em um avião mais novo e moderno ou então pegar o mesmo vôo da American Airlines equipada com muitas opções de entretenimento e uma boa almofada! rsrsrsr. OBS: acho que o melhor vôo que já fiz para Miami foi o da Taca, com conexão rapidíssima em Lima. A companhia era super organizada, o voo era diurno e a aeronave confortável e moderna. A TAM também tem um voo diurno ótimo, que sai de SP lá pelas 10h e chega em Mia às 16h!
Sobre a alfândega em Porto Alegre: como falei, não tive problemas, até porque não cometi nenhum exagero de compras e também não comprei eletrônicos, mas já ouvi notícias de gente que precisou abrir todas as malas e pagar multas altas pelo excesso. Lembre-se que quando o avião desembarca em POA vindo de Curitiba, cerca da metade dos passageiros apenas farão alfândega, ou seja, é pouca gente portanto se você exagerou nas compras corre maior risco de ter problemas com a Receita.
Bom, espero que esse breve relato ajude vocês a decidir a próxima ida a Miami. Como eu falei, essa é a minha opinião e opinião cada um tem a sua, certo? Ah, e eu voei de classe econômica então não posso falar sobre o conforto da executiva.
Próximo post:
Post anterior:
Escrito por
13 comentários
  1. Monica. at 11:30

    Clarissa,adorei o teu relato,pois viajamos em fevereiro e agora ,com
    Certeza não irei experimentar o voo”dito direto” da AA .Vou partir de SP.
    Bjinhos.

  2. Cintia at 11:30

    Oi Cla! Também estou em Miami e vim de AA. Achei a mesma coisa que você…poltrona dura e a programação da tv (além de não ser individual) horrível!!! Passando programas muito chatos…podia ao menos serem filmes, né!!!
    O pessoal no embarque nos falou que não descíamos do avião na volta! Tem que desce retirar as malas??? Vocês trocaram de aeronave? Você disse que a alfândega faz em Porto Alegre, mas tinha gente pegando ou você não viu nada? Mil perguntas, né! Mas fiquei curiosa!kkkkk
    Bjssss

    • Clarissa Cabeda Autor at 15:29

      Oi Cíntia! Na volta todo mundo desce do avião para limpeza e reabastecimento mas quem segue para POA não precisa retirar malas.A continuação é na mesma aeronave, mesmos assentos, etc. Quanto à alfândega, vi pessoas a minha frente serem questionadas e passarem para a sala de raio-x, então não sei como terminou pois quando me liberaram eu tratei de sair de lá bem rápido! kkkk Mas acho que quem volta com muita bagagem sempre chama mais atenção dos fiscais e acaba correndo mais risco de ter as malas abertas.
      Bjs e aproveitem!!!!

  3. Maria Luiza Busnello Bento da Silva at 10:34

    Clarissa, primeiro benvinda de volta e que delícia viajar com a mãe antes antes de ter a filha/neta! Uma viagem cheia de significados, sem dúvidas. Que pena essa questão da aeronave, faz toda a diferença em viagens longas. O conselho que eu tenho para te dar é encher o IPad de filmes bons e não esquecer do carregador sempre perto. A imagem e o som do Ipad são insuperáveis e isola daquele barulho chato do avião. Quando a Helena começar a viajar contigo vais ver também como é bom para distraí-la, além dos desenhos há uma série de aplicativos legais para crianças que ajudam muito em viagens longas, de avião ou de carro. Beijos querida e tudo de bom!

    • Clarissa Cabeda Autor at 16:59

      Pois é Malu, aprendi a lição: Ipad só com apps de trabalho nunca mais! kkkk
      Sim, a viagem foi ótima! Talvez a última de só nós duas juntas sem a Helena por alguns anos! Pq para ela ficar, uma das duas tb fica para cuidar, né?
      bjsss

  4. Magali at 15:47

    Adorei o relato sincero, Clarissa! Vou a NY em março e estava negociando esse voo direto + conexão em MIA. Vou desistir certamente! Ninguém merece viajar uma distância tão longa sem conforto. Adoro a American Airlines, acho os funcionários educados,competentes, cuidadosos. Sempre que possível opto por essa companhia.
    Fora a questão da Alfândega.

    Fizestes boas compras para o enxoval da Helena?

    Beijos, Magali

    • Clarissa Cabeda Autor at 17:01

      Então Magali, se tu vai a NY acho que vale a pena fazer conexão em SP mesmo ou em outro lugar. O vôo é realmente muito longo e sem conforto. E a alfândega é uma questão de sorte sendo que como em POA são bem menos passageiros, as chances de seres taxada pelo excesso é sempre maior.
      bjs

    • Clarissa Cabeda Autor at 20:50

      Oi Matheus, ouve refeições sim. Na ida almoço e um lanche e na volta acho que um jantar e um café da manhã bem simples, tipo um pão e suco ou café. Não tenho certeza pq não quis nenhuma delas, mas acho que era isso. prefiro almoçar ou jantar antes de embarcar e sempre levo na bolsa barrinhas de cereal, biscoitos ou algum chocolate para a hora da fome. ODEIO comida de avião! kkkk

  5. Darci Franceschini at 12:52

    PREZADA CLARISSA
    ESTOU INDO PARA MIAMI NESTE MESMO VOO DA AA
    VOU DEIXAR MINHA CONTRIBUIÇÃO AQUI
    A PISTA DE PORTO ALEGRE ( SALGADO FILHO ) SÓ COMPORTA AERONAVES ATÉ O PORTE DO 767
    SÃO AERONAVES QUE APESAR DE SEGURAS, FORAM FABRICADAS HA MUITO TEMPO ATRAS E NÃO TEM O CONFORTO DE UM 777 OU DE UM A340 QUE SAI DE SÃO PAULO OU RIO DE JANEIRO
    INFELIZMENTE NÃO TEM COMO POUSAR OUTRO TIPO DE AERONAVE NO SALGADO FILHO, A PISTA É MUITO CURTA
    É CLARO QUE MESMO A AERONAVE SENDO ANTIGA, O INTERIOR PODERIA SER MAIS CONFORTAVEL,ISTO SÓ DEPENDE DA CIA
    A ALEGAÇÃO É QUE NÃO VÃO COLOCAR DINHEIRO EM CIMA DE UMA AERONAVE QUE VAI SAIR DE VOO NOS PRÓXIMO ANOS.
    SE QUISERMOS VOAR MELHOR DE PORTO ALEGRE PARA OS ESTADOS UNIDOS TEREMOS QUE TER UMA PISTA MAIOR, AI DEPENDEMOS DE INVESTIMOS DO GOVERNO
    COMPREI NA CLASSE EXECUTIVA POIS SABIA DO MAU ESTADO INTERNO DOS ANTIGOS 767 DA AA
    SOU PILOTO

    • Clarissa Cabeda Autor at 18:22

      Oi Darci, tudo bem?
      Obrigada por seu esclarecimentos! Na verdade, nós leigos quando compramos uma passagem não temos acesso a esse tipo de informação. Com certeza se eu soubesse dessas limitações antes não teria optado por esse vôo pois achei que a praticidade de voar direto fica muito prejudicada diante da falta de conforto.
      O que me deixa em dúvida é como companhias como a TACA conseguem partir de POA com aviões tão mais confortáveis do que este da AA. Já voei Miami pela TACA e a viagem foi incomparavelmente melhor.
      Mais uma vez, agradeço pelas informações.

  6. Carlos Braga at 17:24

    Oi, Fiz esta viagem em março deste ano. Fui durante o dia e voltei a noite, mas mesmo assim não consegui dormir tal a intensidade do desconforto.
    Realmente os aviões são uns sucatões e não aconselho a ninguém. Lendo a explicação técnica do piloto Darci, me ocorreu que a Cia. TACA faz este roteiro em aviões maravilhosos que descem na mesma pista “curta” do salgado filho. Qual é a explicação?

    • Matheus at 19:59

      Pessoal, o problema não é o “modelo” da aeronave. Existem Boeing 767 mais novos e com confoguraçoes internas de assentos e estrutura melhores. O voo domestico dentro dos Eua q eu peguei era um 767 tambem, muito mais novo e com un pouco mais de conforto. A Delta trabalha com 767 tbm, porem mais novos e com melhr configuracao interna, tem maior conforto. A questao na verdade eh a cara de pau e desrespeito da AA em botar um sucatao pra o voo Poa-Miami

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *