Peixe Mediterrâneo no Papelote

Peixe Mediterrâneo no Papelote

Como prometido, aí vai a receita do peixe que postei ontem no instagram (@clarissacabeda). É um dos pratos que mais faço à noite em casa porque além de super leve, é muito bom e bem fácil de fazer.

Optei por colocar o nome genérico de “peixe mediterrâneo” porque pode ser feito com vários tipos diferentes de peixe. O ideal é usar peixes brancos que podem ser desde a abrótea até o robalo. O que compro com mais frequência é o Saint Peter, que é super fácil de encontrar no supermercado aqui em Porto Alegre. Como nunca fiz com salmão (não gosto muito de salmão assado), não posso garantir que o tempo de forno seja o mesmo.

ingredientes

Ingredientes para 2 pessoas:

Aproximadamente 600g de peixe. A quantidade média é de 300g por pessoa, mas você pode variar dependendo da sua fome! rsrs

Azeitonas (de preferência sem caroço)

Meio pimentão amarelo cortado em tiras

Tomates cereja

Brócolis

Papel Alumínio ( pode comprar o maior)

1 limão

Tomilho  (opcional)

Sal, pimenta e azeite de oliva

Modo de fazer:

Ligue o forno em temperatura média.

1. Comece temperando o peixe com sal, pimenta, tomilho e o suco de um limão.

2. Separe o brócolis em ramos,  corte o pimentão em tiras, e os tomates ao meio ou em 4. Regue-os com azeite de oliva e tempere-os com sal a gosto.

3. Abra o papel alumínio em uma folha de aproximadamente 40cm. Regue o centro com um pouco de azeite de oliva e coloque o filé de peixe em cima.

1

4. Cubra o peixe com os demais ingredientes: tomates, pimentão, azeitona e brócolis.

2

5. Junte as laterais do papel alumínio em enrole 3 vezes. Faça o mesmo com as outras extremidades, formando um envelope. É importante que fique bem vedado para evitar que se perca a umidade do peixe.

3

6. Repita os passos 3, 4 e 5 com o outro filé de peixe.

7. Coloque os dois envelopes em uma forma ou travessa refratária e leve ao forno pré-aquecido por 18 minutos. Abra a parte de cima dos envelopes de leve ao forno por mais 2 minutos para evaporar um pouco da água que os legumes soltam. Atenção: muito cuidado ao abrir, pois sairá um vapor muito quente!

8. Pronto! Sirva colocando os papelotes direto nos pratos ou em uma travessa.

pronto

OBS: essa é a receita básica, com sabor bem suave, mas você pode variar temperando o peixe com outras ervas de sabor mais intenso ou colocando no papelote outros legumes de sua preferência como cenourinhas, vagem, batatas, cebola, etc.

Então tá dada a dica de um prato saudável e fácil de fazer. Depois quero saber se gostaram, quem fizer, conte aqui!!!

Próximo post:
Post anterior:
Escrito por
6 comentários
  1. Magali at 12:34

    Se gostei? AMEI!!!

    Mais um prato light e delicioso by Clarissa Cabeda para o meu “repertório”!
    Sabia que o Saint Peter é um dos peixes mais “magros” que existem?

    Beijão!

    • Clarissa Cabeda Autor at 17:01

      Mesmo? Não sabia, Magali! é um dos peixes que mais compro para o dia a dia aqui em casa por ser suave e bem fácil de encontrar. Melhor agora que sei que é bem magro mesmo!
      Que bom que tu gostou da receita, é bem fácil e super saudável!
      bjsss

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *